03/05/2020 Tomé – O Apóstolo que não acreditou

 

 

Tomé – O Apóstolo que não acreditou

João 20.24-29

Você acredita em milagres? A maioria de nós, suponho, responderia imediatamente: “Sim, acredito em milagres“. Mas e quando o “milagre” desafia a compreensão humana sem possibilidade de uma explicação natural? A ressurreição de Jesus é esse tipo de milagre. É totalmente inexplicável por qualquer meio humano ou natural. Hoje vamos olhar para Tomé e ver o que passou com esse personagem. Quando você estuda sua história, a dúvida de Tomé parece muito compreensível. Penso que uma consideração de todas as evidências nos ajudará a vê-lo sob uma luz diferente.

Tomé, o Homem.

a)Ele tinha um irmão

b)Ele era um homem de coragem

c)Respostas simples não o satisfaziam

d)Sua devoção a Cristo era total

O Momento que viveu.

a) Nenhum dos discípulos, a princípio, acreditou na ressurreição

b) Quando viram Jesus, Tomé não estava presente.

Tomé, o Homem explicado.

a) Tomé não era cético

b) Sua dúvida provinha de um coração quebrado

c) Não que ele não quisesse acreditar, ele não conseguia

Tomé, o Homem e a Decisão.

a) Jesus convidou Tomé para ver por si mesmo

b) Os que mais duvidam, às vezes, se tornam os cristãos mais fervorosos

c) Existe bênção para quem crer no que Deus diz

d) Não permita que suas dúvidas o afastem de Jesus

Ninguém pode permanecer neutro para sempre. Podemos trazer nossas dúvidas para o túmulo vazio, mas precisamos fazer essa escolha. O mesmo que Jesus disse a Tomé é estendido a nós: “Pare de duvidar e creia”.

Pr. Frithold Krüger

Publicar um comentário