05/01/2020 Igreja, um lugar para…

SÉRIE: Igreja, um lugar para…

Um Lugar para Pertencer
Atos 2.41-47

Conhecer e ser conhecido! Esse é um tema que toca todos nós! Deus nos criou como criaturas sociais, para vivenciar amizades, família e relacionamentos profundos e cuidadosos. E enquanto não encontramos isso, estaremos procurando. O Novo Testamento nos dá um exemplo de Igreja. Atos 2. 41-47, de fato, é a imagem de como era o cristianismo no começo. No texto percebemos algumas marcas desta igreja.

Base sólida na Palavra de Deus (v. 42).
“Estou aprendendo mais sobre o que Deus diz e como aplicá-lo à minha vida nesta Igreja”?
Adoração vital e transformadora de vida (v. 42, 46-47).
“A adoração desta igreja aguça meu apetite por Deus”?
Relacionamento de Cuidado uns com os Outros (v. 42,44,46).
“Quem me incentiva e me responsabiliza na minha caminhada cristã”?
Vendo o poder de Deus através da oração (v. 42-43).
“onde você viu Deus agir em sua vida em resposta às suas orações”?
Maneiras práticas de ministrar aos outros (v. 44-45).
“Como você está usando seus dons para ajudar os outros de uma maneira prática”?

Uma igreja atraente!
Atos 2 pinta a imagem de uma igreja atraente. Aqui está uma igreja sem prédio, sem pastor remunerado, sem programas, sem coral, sem instrumentos musicais, sem estacionamento e, o que é mais surpreendente, sem site na Internet. “O que tornou a igreja primitiva tão atraente”? Tudo se resume a uma coisa: eles compartilhavam uma fé comum em Jesus Cristo. No dia de Pentecostes, as pessoas se reuniram em Jerusalém de todos os pontos da bússola – Roma, Egito, Creta, Capadócia, Arábia e muitos outros lugares (At. 2.1-11). Isso significa que a igreja primitiva surgiu de uma “multidão mista” de diferentes grupos étnicos, cores de pele, culturas e idiomas. Sua fé compartilhada em Cristo atraiu pessoas.

Pr. Frithold Krüger

Postar um comentário