19/04/2020 Simão de Cirene: Uma cruz que não era sua!

Simão de Cirene: Uma cruz que não era sua! Lucas 23.26 

Não sabemos muito sobre o personagem de hoje, mas ele participou do grande drama em torno da morte de Cristo. Por um breve momento, ele sobe no palco, faz sua parte e depois vai embora, para nunca mais ser mencionado na Bíblia. Também não sabemos o quanto ele sabia sobre Jesus. Mas é perfeitamente possível que ele tenha ouvido falar que Cristo havia entrado na cidade montado num jumento no domingo anterior e que grandes multidões o receberam. Porém tudo é “inferência”.  Depois de torturarem Jesus e o vendo tropeçar e cair enquanto carregava a cruz, os soldados percebem que ele nunca chegaria ao local da execução. Então eles agarram um homem da multidão. Aquele homem é   Simão de Cirene.

O Encontro Casual

Marcos 15.21: “Certo homem de Cirene, chamado    Simão, pai de Alexandre e de Rufo, passava por ali, chegando do campo. Eles o forçaram a carregar a cruz“.

Um Encontro Forçado

Mateus 27.32: Ao saírem, encontraram um homem de Cirene, chamado Simão, e o forçaram a carregar a cruz”.

Um Encontro Transformador

Lucas 23.26: Enquanto o levavam, agarraram Simão de Cirene, que estava chegando do campo, e lhe colocaram a cruz às costas, fazendo-o carregá-la atrás de Jesus.

O que fazer com essa história?

Simão é um símbolo para todo cristão. Ele nos mostra o que Cristo quis dizer quando disse: “Pegue sua cruz e siga-me“.

Isto é o que um cristão é. Ele é um seguidor de Cristo.

Isto é o que um cristão faz. Ele pega sua cruz e o segue.

Pr. Frithold Krüger

Publicar um comentário