26/01/2020 Igreja: Um lugar para servir

Um Lugar para Servir

Atos 6.1-7

 Qualquer um pode ser ótimo porque qualquer um pode servir

(Martin Luther King Jr.).

O texto de hoje nos conta a história de uma súbita e inesperada controvérsia que ameaçou destruir a igreja primitiva. O que acontece em Atos 6 ocorre no final de um período de severa perseguição, do qual a igreja emergiu mais forte do que nunca. Em sete breves versículos, Lucas descreve o problema, a solução e um resultado de toda a circunstância.

O Problema (v.1)

É o primeiro caso de preconceito racial na igreja cristã.

  1. Judeus hebraicos: eram judeus cristãos convertidos de fala hebraica como língua principal. Nascidos e criados em Israel, conheciam intimamente os costumes da sinagoga e trouxeram sua extensa cultura quando entraram na igreja.
  2. Judeus gregos: eram judeus cristãos convertidos de fala grega porque nasceram e foram criados fora de Israel. Quando vieram a Cristo, trouxeram junto sua cultura e língua. Isso significa que eles pareciam um pouco diferentes e, certamente, agiam e pareciam diferentes dos cristãos judeus de língua hebraica.

A Solução (vv.2-6)

Teve quatro etapas.

  1. Definição de prioridades (v2)
  2. Elaboração de um plano (3-4).
  3. Encontrar as pessoas certas (v.5).
  4. Comissionar os escolhidos (v.6).

O Resultado (v.7)

Há uma nova receptividade à mensagem (v.7a), muitos novos convertidos (v.7b) e conversões entre sacerdotes (v.7c).

O que fazer com isso?

  1. É importante ter prioridades apropriadas na obra do Senhor.
  2. É impossível algumas pessoas fazerem todo o trabalho numa igreja local;
  3. Existe bênção quando múltiplas pessoas utilizam seus dons;
  4. Pessoas são abençoadas através de ações práticas de bondade;

Pr. Frithold Krüger

Postar um comentário