Jesus perante Pilatos

Jesus perante Pilatos

Mateus 27:11-26, Marcos 15:15, Lucas 23:4b e João 18:34-38

 

Hoje, veremos o que Jesus pode nos ensinar estando diante de Pilatos, o grande governador romano que   comandava a província da Judeia e qual é o Seu único propósito. Pois bem, nosso Mestre nos ensina que:

» 1 – Quando se sabe seu propósito, não se necessita dar muitas explicações, a calma e o silêncio bastam! – Mateus 27:11-14 e João 18:34-38.

» 2 – Os costumes e culturas são falhos! – Mateus 27:15-18.

» 3 – O sofrimento do Justo causa inquietação… – Mateus 27:19.

» 4 – Pessoas cegas espiritualmente não sabem o que fazem e comentem loucuras. – Mateus 27:20-23.

» 5 – O sangue do Inocente é derramado por conta dos verdadeiros culpados – Mateus 27:24-26, Marcos 15:15 e Lucas 23:4b.

 

Conclusão:

Queridos, Jesus não precisou se explicar demais à Pilatos pois sabia qual era Seu propósito aqui na terra, que no caso era (e ainda é) ser glorificado, buscar e   salvar todo aquele que se havia perdido conforme Lucas 19:10. Jesus veio para levar a Redenção a todos os    pecadores que se haviam afastado de Deus por causa do pecado conforme Romanos 3:23, portanto, Ele não ia se explicar, não ia debater, não ia perder tempo, pois já tinha decidido morrer na cruz para que Seu propósito fosse cumprido. Tudo estava e ainda está previamente estabelecido. Nada foge de Seu controle! Aleluia!

Pr. Lucas Sena

Publicar um comentário